pt-pt

Nutrir o solo para cultivar melhor.

O substrato (solo ou terra, como lhe queiramos chamar) é um meio utilizado para a sustentação e nutrição de organismos vivos. Poderia ser água, como na hidroponia, ou até ar, mas na Noocity somos mais pés na terra! 

 

Um substrato vivo e fértil exige um delicado equilíbrio do ecossistema, que será possível através de um habitat diverso e interativo que o torne produtivo e capaz de alimentar as plantas, além de as proteger contra pragas e doenças. 

Para a Dra. Elaine Ingham, fundadora do Soil FoodWeb Inc., o poder de um solo pleno de matéria orgânica, com boa estrutura e biologia, é transformador. Cada bactéria, fungo, inseto ou animal tem um papel nesta teia e para quê tentarmos reinventar a roda quando a Natureza já preparou um sistema tão equilibrado, funcional e até blindado? 

 

Nutrir o solo é um “must do”

Nutrir o solo é, então, a par de outras práticas como a rotação e consociação de culturas, um “must do” se queremos culturas saudáveis e viçosas. Na Noocity, gostamos de desenvolver o substrato em conjunto com os nossos clientes e, por isso, a nossa “receita” inclui a fibra de coco (como matéria de sustentação) e um fertilizante biológico granulado que garante a presença dos famosos NPK, os macronutrientes Azoto, Fósforo e Potássio. 

 

Nas hortas comunitárias que gerimos, combinamos os fertilizantes com o composto orgânico, gerado in loco através dos nossos vermicompostores, reutilizando assim resíduos orgânicos excedentes e devolvendo à horta aquilo que lhe foi retirado.

 

Mais nutrientes a cada nova estação

Nutrir o solo é uma tarefa constante para quem quer manter a horta produtiva durante todo o ano. À medida que as plantas vão crescendo, os nutrientes disponíveis no substrato vão sendo consumidos e a sua reposição torna-se necessária. Assim, recomendamos que a fertilização seja feita a cada mudança de estação, quando limpamos a horta ou, se quisermos, até uma semana antes de iniciar o ciclo de culturas seguinte.

 

Somos fãs dos fertilizantes granulados, isto é, dos adubos de libertação lenta feitos à base de origem animal que dispensam uma aplicação recorrente. Este é o tipo de fertilizante que disponibilizamos no nosso Kit Horta em Casa, assim como no Pack de Manutenção. No entanto, a fertilização líquida também é uma opção, sendo fácil de executar (basta introduzir uma medida de fertilizante no reservatório de água, através do tubo de alimentação) mas que exige aplicação recorrente já que os nutrientes são consumidos mais rapidamente.

 

A incorporação de resíduos orgânicos no solo (como o composto orgânico), assim como a adição de fertilizantes biológicos, permite “construir” um solo mais resistente à erosão, que absorve melhor a água e que garante a proliferação de micro-organismos que, além de melhorarem a consistência e os níveis de arejamento e absorção do solo, decompõem a matéria orgânica e mineral, tornando os nutrientes necessários ao crescimento das plantas mais fáceis de serem absorvidos. 

horta_em_casa_potager_balcon_vegetable_garden
Pack de Manutenção

Mantenha a sua Horta bonita e nutrida durante todo o ano com fertilizante biológico e substrato 100% natural.

Compre já Compre já

Ficou interessado?

Receba as novidades do nosso blog e descubra todos os casos de sucesso